Torpedo Grátis
border=0
 
   Arquivos

 
border=0
Outros sites

 Torpedo Grátis
 Claro torpedo
 Vivo torpedo
 Músicas
 Pousadas
 Hotéis
 Jogos de Sinuca
 Claro Idéias
 Celular
 Hotel Fazenda
 Bingo Grátis


Votação
Dê uma nota para meu blog



border=0
 


Aplicativo indica áreas sem sinal de celular

Fazer ligações, trocar mensagens de texto, checar e-mails, indicar caminhos como um GPS. Com os aparelhos celulares cada vez mais modernos e cheios de funções, a dependência do consumidor e o desejo de ter o aparelho sempre funcionando e com sinal completo têm crescido. Entre os paulistanos essa necessidade é tão grande que já há quem pense soluções - grande parte colaborativas -, para tentar mapear onde existe sinal.

Depois de quase perder uma entrevista de emprego por não conseguir acessar seu e-mail, o designer de interação Daniel Souza decidiu criar o site 3GFail, no qual pretende, com a ajuda de outros usuários, mapear lugares da capital onde o sinal de celular é insuficiente. "Foi uma questão pessoal, mas acredito que essa informação pode ser útil para as pessoas. Pagamos por um serviço que não recebemos totalmente", diz.

O domínio estava registrado havia mais de um ano, mas o site somente foi lançado 15 dias atrás. Para colaborar é fácil: basta mandar um e-mail, ou twittar com os dizeres #3GFail. Nos primeiros dias, Souza recebeu mais de 30 contribuições, e, para sua surpresa, elas não vieram apenas de São Paulo. "Todos querem informações claras e rápidas de como é o serviço. E é uma plataforma que depende da contribuição de todos."

Morador da zona leste, o programador Wellington Lima não consegue viver sem o celular. "Não digo que sou fissurado, mas saber qual é a cobertura oferecida foi determinante para escolher uma operadora", diz. Wellington conta que até pouco tempo tinha um mapa com a localização das torres de celular. "Fazendo algumas buscas na internet, descobri um aplicativo que poderia me ajudar e abandonei os mapas." Ele é um dos fãs cativos do Open Signal, aplicativo que funciona como banco de informações enviadas pelos celulares sobre a força do sinal.

O interesse do programador é tão grande que ele se voluntariou a traduzir o aplicativo para o português. "Quanto mais gente usando, mais correto fica o mapa", afirma. O trabalho deu certo: em agosto, São Paulo ficou em primeiro lugar na lista de cidades do mundo que mais fazem o download do aplicativo, com quase 19 mil acessos.

O melhor possível

Para James Robinson, um dos criadores do Open Signal, não é uma surpresa que a cidade esteja nessa lista. "A explosão do uso do celular, especialmente os smartphones, torna difícil para as operadoras oferecerem um sinal perfeito. As pessoas estão indo atrás da melhor cobertura possível e nós as ajudamos a fazer isso", afirma.

Além do Open Signal, outros dois aplicativos gringos já fazem sucesso: Rootmetrics e Sensorly. "Esta é uma maneira de mostrar como é a experiência real do usuário, além dos cálculos matemáticos", completa Robinson. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

 

Torpedo Grátis



Escrito por Editor às 21h15
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Junto com iPhone 5, Apple pode revelar novo iPad modificado

Mais um rumor sobre a Apple apareceu hoje. Além do iPhone 5, do iPad mini e de dois novos iPod, a Apple pode apresentar, em 12 de setembro, uma nova versão do novo iPad, diz o blog iMore. Essa nova versão será similar ao iPad atual, com tela de 9,7 polegadas, mas terá o novo conector de dados que vai estrear no iPhone 5, além de outros pequenos aperfeiçoamentos.

 O objetivo da Apple seria tornar pelo menos os modelos mais recentes do iPhone, do iPad e do iPod compatíveis com os mesmos acessórios. Assim, um dock com alto-falantes, por exemplo, poderá ser usado com os três dispositivos. Para isso, é preciso que eles tenham o mesmo tipo de conector de dados.

Informações que vieram de fabricantes de acessórios e de outras fontes indicam que esse conector será menor que o atual. Embora as características exatas sejam assunto de discussões, é provável que o novo modelo tenha 8 ou 19 pinos de contato elétrico, em vez dos 30 pinos atuais.

A chegada de novos modelos do iPod nano e do iPod touch não surpreende. A linha iPod vem perdendo importância para a Apple. Mesmo assim, é provável que a empresa mantenha pelo menos dois modelos do player de media à venda. E os modelos com melhores chances de sobreviver são o iPod nano e o iPod touch.

A mudança no novo iPad apenas seis meses depois do lançamento, porém, seria incomum, já que a Apple, até agora, tem apresentado um novo modelo do tablet a cada ano. Na semana passada, o site iLounge também afirmou que uma versão modificada do novo iPad está a caminho.

 Esse site diz que, além do novo conector de dados, o tablet deve ganhar um microfone adicional na parte traseira. Ele poderá ser usado para redução de ruídos. Esse microfone traseiro também estaria presente no iPad mini e no iPhone 5. O novo iPad teria, ainda, modificações internas para que esquente menos durante o uso.

Somando tudo, os rumores que têm circulado sobre a Apple mencionam seis produtos que a empresa planejaria lançar neste ano: iPhone 5, iPad mini, quinta geração do iPod touch, novo iPad modificado, novo iPod nano e MacBook Pro de 13 polegadas com tela Retina. Mas seria surpreendente se a empresa apresentasse todas essas novidades no mesmo dia.

É mais provável que a Apple revele, no dia 12 de setembro, o iPhone 5, os dois novos iPod e o novo iPad com conector alterado – se ele existir mesmo. Esses produtos começariam a ser vendidos no dia 21 de setembro nos Estados Unidos e devem chegar ao Brasil em novembro. Já o iPad mini e o MacBook Pro de 13 polegadas ficariam para outro evento, algumas semanas depois.



Escrito por Editor às 16h35
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Testes com o iPhone 5 já começaram

Agora, está confirmado: já há desenvolvedores testando a versão final do iPhone 5. O site TechCrunch recebeu imagens de um leitor que mostram um print da tela de um servidor que registrou acessos do novo smartphone, em sua versão 5.2. Ainda não se sabe mais detalhes sobre o produto, mas uma coisa parece certa: o desenvolvimento do aparelho está em fase final.

 É bem provável que esta “versão 5.2? seja um protótipo, diferente do modelo que deve ir às lojas. Afinal, segundo os especialistas do TechCrunch, seria mais normal um aparelho chamado “iPhone 5.1? chegar ao mercado.

De qualquer forma, independente de qual seja o futuro deste suposto iPhone que já está sendo testado, um novo telefone está muito perto de sair do forno na Apple. Ao que tudo indica, os rumores de que o iPhone 5 será lançado no início do mês de setembro parecem mesmo estar corretos.



Escrito por Editor às 16h32
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Motorola Razr peca na bateria

O Razr, da Motorola, é um smartphone estupidamente fino: tem 7,1 milímetros e sua espessura chega a ser menor que a de um lápis. O aparelho acaba de chegar ao mercado brasileiro e vem para acirrar a concorrência com outros smartphones da plataforma Android, como o Galaxy S II, o Xperia Arc e o Optimus 3D. Ele, inclusive, tem preço de estreia parecido com o de todos seus rivais: R$ 1.999 (desbloqueado).

O smartphone tem um dos processadores mais rápidos da categoria (dual-core de 1,2 GHz) e apresenta bom desempenho, mas acaba pisando na bola no quesito bateria -- sobretudo para quem usa muito internet móvel. Vale a pena para quem não abre mão de qualidade e consegue transportá-lo e manuseá-lo de forma confortável: a tela é gigante e isso pode ser um incômodo. Veja abaixo a análise dos destaques do Razr:

Hardware

Esse que é uma espécie de sucessor da série Razr (a mesma linha do popularíssimo celular V3) apresentou um bom desempenho durante os testes do UOL Tecnologia (Enviar esta matéria  via SMS Oi Torpedo). Foram poucos “engasgos” e rapidez na execução de tarefas comuns em smartphones, como a abertura de páginas na web e acesso a vários programas simultaneamente.

O bom desempenho na execução dessas tarefas deve-se ao hardware parrudo, melhor que o dos seus atuais concorrentes. Ele tem processador dual-core de 1,2 GHz, 1 GB de memória RAM e 16 GB de armazenamento – capacidade que pode ser expandida até 32 GB com a instalação de um cartão de memória.

Tela e tamanho

A tela do Razr chama a atenção pelo tamanho (4,3 polegadas) e o brilho do display, visualmente superior se comparado aos smartphones concorrentes. O que mais incomoda no aparelho, quanto ao aspecto físico, é o tamanho. Por ter um “telão”, o manuseio do celular pode ficar comprometido por quem tem mãos pequenas. Algumas vezes é necessário “reacomodar” o aparelho na mão enquanto, por exemplo, navega-se por uma página na internet.

Outro problema é o transporte do celular. Apesar de ser muito leve (127 gramas), o aparelho de tela gigante pode não agradar quem costuma levar o aparelho no bolso da calça – sobretudo em bolsos de calças femininas, geralmente menores que os de calças masculinas.

Bateria

O calcanhar de Aquiles de smartphones com sistema Android é a bateria. E com o Razr não é diferente. Durante os testes do UOL Tecnologia, por exemplo, quando submetido ao uso intenso de conexão 3G, a bateria durou cerca de 8 horas. Ou seja: um aparelho novo, com o melhor desempenho de sua bateria (que acaba sendo comprometida com o tempo de uso), tem de ser carregado ao menos uma vez por dia.

Em standby (com conexões de rede 3G, Wi-Fi, bluetooth e GPS desligados), a bateria do aparelho pode durar uns 4 dias. Mas alguém que compra um aparelho com tantos recursos, internet e possibilidade de consultar sua posição geográfica no GPS dificilmente deixará o “brinquedo” em standby.

Um detalhe que o usuário deve estranhar no Razr, em comparação a outros aparelhos da fabricante, é a impossibilidade de retirar sua bateria. Caso, por exemplo, o smartphone trave – algo que não aconteceu durante os testes do UOL Tecnologia – cabe ao usuário esperar a bateria descarregar para “resolver o problema”. O mesmo já acontece no iPhone da Apple.

Câmera

A câmera traseira do Razr é de 8 megapixels, como a do seu principal concorrente, o Galaxy S II da Samsung. Porém, o aparelho da Motorola se mostrou superior na qualidade de imagem (veja abaixo o mesmo objeto clicado pelos dois aparelhos sem o uso de flash), enquanto o Galaxy apresentou um melhor balanceamento de cor. Outra qualidade do Razr é a rapidez ao clicar imagens. Em dez segundos, por exemplo, foi possível tirar sete fotos seguidas com o smartphone. Para os que gostam de gravar vídeos, a câmera ainda oferece resolução de 1080p.

á a câmera frontal tem 1,3 megapixel e permite fazer videoconferência de alta definição.

Sistema operacional

Nos aparelhos com sistema Android, cada marca personaliza o sistema do seu jeito. A personalização da Motorola para o Razr é bem amigável e traz recursos que facilitam bastante a vida do usuário. Entre eles, o acesso à câmera logo na tela inicial; uma aplicação que ajuda o usuário a gerenciar o consumo de dados e um recurso da tela inicial que facilita ligar o Wi-Fi, o Bluetooth, o GPS ou o modo avião.

Outro detalhe, exclusivo da Motorola, é o Motocast. Após se cadastrar no serviço, o usuário consegue acessar pela internet os arquivos de determinadas pastas de seu computador. O problema da opção é que o PC do usuário deve ficar ligado e com acesso à internet. Em tempos de computação em nuvem, bem que a aplicação poderia sincronizar o conteúdo de algumas pastas do computador com a web.

O sistema operacional embarcado no Razr é o Android Gingerbread 2.3.5. No entanto, o usuário não deve se preocupar com atualizações pois, seguindo a empresa, no primeiro trimestre de 2012 já será possível atualizar para a versão mais recente: Ice Cream Sandwich.

Acessórios

Algo que merece atenção no smartphone da Motorola são os acessórios que vêm na caixa do aparelho. Além do bom fone de ouvido que sempre vem junto com os celulares da marca, o celular acompanha um carregador convencional, outro específico para veículos e um cabo HDMI – esses dois itens, geralmente, são vendidos separadamente.

Como o Motorola Atrix, o Razr conta com um acessório, chamado lapdock, que transforma o celular em uma espécie de CPU de um computador portátil. Este dispositivo é vendido separadamente e ainda não está disponível na loja oficial na internet da fabricante.



Escrito por Editor às 13h01
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Nokia E7 chegará este semestre ao Brasil

O Nokia E7 chegará em breve às lojas de todo o mundo, e no Brasil a previsão é de que o aparelho comece a ser comercializado no primeiro semestre desse ano.

O smartphone conta com tela de 4 polegadas touchscreen, teclado Qwerty, navegação GPS e orientação por voz pelo Ovi Maps, acesso à e-mail em tempo real (pessoal e comercial), acesso às redes sociais, câmera de 8 megapixels – com suporte para vídeos em HD – e sistema operacional Symbian ^3.

O aparelho também terá navegação por mais de 80 países. Uma atualização recente do Ovi Maps trouxe visibilidade à ferrovias, alertas de segurança, estações de petróleo, estacionamentos, avisos de limite de velocidade, otimização das buscas e compartilhamento de locais, entre outras características.

 



Escrito por Editor às 16h53
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Oi leva banda larga ao Amazonas por fibra ótica

A Oi aumentou a capacidade de entrega de banda larga no Estado do Amazonas por meio de fibra ótica. Antes da chegada da operadora à região, a única forma de acesso internet no local era por satélite. A segunda etapa desse projeto foi apresentada nesta sexta-feira, 11/02, pelo presidente da companhia, Luiz Eduardo Falco, ao ministro das comunicações, Paulo Bernardo, empresários e autoridades.

A iniciativa faz parte do programa de investimentos da Oi para a Amazônia Legal, que inclui melhoria da atual rede de comunicação e ampliação de cobertura, para acelerar o crescimento econômico da Região Amazônica. O projeto contou com recursos próprios da operadora e de outras duas fontes de financiamento.

Uma das fontes de recursos foi o Banco da Amazônia (Basa), via Fundo de Desenvolvimento do Norte (FNO). A outra é a Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), com repasse do Fundo de Desenvolvimento da Amazônia (FDA).

O lançamento da primeira fase do serviço foi há um mês. Agora a Oi se compromete a expandir a disponibilidade do serviço Oi Velox, com opções de planos que vão de 39,90 reais (300Kbps) a 69,90 reais (1Mbps).

O serviço já está disponível nos bairros do Centro, Distrito Industrial, Santa Luzia, Adrianópolis, Vila da Prata, Dom Pedro I, Distrito Ceasa, Educandos, São Jorge, Parque 10 de Novembro, Conjunto Elisa Miranda, Parque das Laranjeiras, Compensa I, II e III, Cidade Nova I, entre outras.

A chegada da Oi à capital amazonense via fibra óptica foi com apoio dos governos do Brasil e da Venezuela, por meio de parceiros como a Eletronorte (controlada da Eletrobrás que atua na região) e a Cantv.

Maior cobertura  

De Manaus, o cabo de fibra ótica atravessa um trecho de 784 quilômetros até Boa Vista (RR). Da capital de Roraima, os dados seguem para Caracas, na Venezuela, por redes ópticas da Eletronorte e da Cantv.

A partir de Caracas, os dados são transportados pela rede da GlobeNet, subsidiária da Oi que opera um sistema de cabos de fibra ótica submarinos com 22 mil quilômetros de extensão. Da Venezuela, chega aos Estados Unidos e à cidade de Fortaleza por meio de um cabo submarino. Da capital cearense, o cabo segue para o Rio de Janeiro.

Com a expansão da infraestrutura de fibra, a Oi estende a conexão de Manaus para outras localidades: Mucajaí, Iracema, Caracaraí, Rorainópolis, Nova Equador, Nova Colina, no Estado de Roraima, e Presidente Figueiredo, no Amazonas. Em Mucajaí, Iracema e Caracaraí a banda larga já foi implantada. Em Rorainópolis, Nova Equador, Nova Colina e Presidente Figueiredo será implantada ainda no primeiro semestre deste ano.



Escrito por Editor às 16h51
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Empresa britânica prepara lançamento do Facebook Phone

De acordo com um vídeo disponível no TechCrunch, a startup britânica INQ Mobile vai lançar um telefone compatível com Android e integrado ao Facebook.

O aparelho, batizado de INQ Cloud Touch, será voltado ao público adolescente e terá quatro botões relacionados ao Facebook, tais como feed e contatos da rede social. Além disso, o aparelho estará disponível em outro países, antes mesmo de atingir o mercado dos Estados Unidos, o que leva a cogitar que o Brasil pode estar incluído nos planos por conta do sucesso da rede social no País. No site da companhia, no entanto, não existe qualquer menção ao mercado brasileiro.

Durante o ano passado, alguns rumores sobre o "Facebook Phone" circulavam pela internet. A expectativa era de que a própria rede social seria a responsável por sua criação. No entanto, o Facebook anunciou que não estava produzindo qualquer aparelho, apenas fechando contratos com operadoras e fabricantes, a fim de levar a rede social a todos os lugares do mundo.

Veja o vídeo de demonstração do dispositivo clicando aqui.



Escrito por Editor às 16h49
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






O recente anúncio da parceria entre Nokia e Microsoft é um prato cheio para especulações de mercado. As empresas bolaram uma estratégia para que ambas pudessem avançar no setor de telefonia móvel. E, segundo o gerente de pesquisa para dispositivos de consumo da IDC Brasil, Luciano Crippa, os concorrentes das duas gigantes não devem subestimar o poder de fogo dessa aliança.

De acordo com o analista, o ambiente Microsoft munido da penetração da marca Nokia são bastante relevantes no mercado. Portanto, ele considera que a aliança entre as empresas tem tudo para dar certo. Obviamente ainda é cedo para afirmar com certeza, mas Luciano acredita que se as companhias ficarem atentas a alguns pontos, o resultado pode ser bastante positivo.

Talvez a questão mais relevante seja a rápida resposta aos consumidores. “Elas devem mostrar as novidades para os usuários o quanto antes para não esfriar a parceria”, explica o analista. Outro ponto é criar uma comunidade de desenvolvedores de aplicativos para trabalhar em conjunto. Segundo Crippa, atualmente o que define o sucesso de um smartphone é a tela touch screen, integração com rede social e bons aplicativos de entretenimento. Por isso, ele acredita que esses precisam ser os alvos das aliadas.

Além disso, ele considera que a estratégia de apostar nos mercados emergentes, como o Brasil, é inteligente. Os países têm um potencial enorme de migração dos celulares para smartphones. No mercado brasileiro, por exemplo, de toda a base de telefones móveis só 10% são smartphones.

No entanto, Crippa adverte que negligenciar mercados maduros seria um erro. Portanto, Estados Unidos e Europa também devem ser alvo da aliança, mesmo que a população tenha acabado de migrar para novos aparelhos com iOS 4 e Android 3.0.

O analista diz que, por outro lado, a Apple e a Google não são inocentes e já devem estar preparadas para o ataque. As concorrentes são mais maduras e já têm sistemas operacionais estabilizados, o que as favorece.

No mais, o analista acredita que usuários do mundo todo podem gostar da ideia de ter um aparelho fabricado pela Nokia rodando o sistema Windows, que já é conhecido e comum a todos. Talvez a comodidade de ter a integração do desktop e dispositivo possa ser atraente para o usuário habituado ao PC. “Por mais que a Microsoft tenha corrido um risco de escolher apenas um fabricante para a parceria, ele foi calculado e, se for organizado, poderá ser um tiro certeiro”, conclui Luciano.



Escrito por Editor às 16h47
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Sony anuncia a data de lançamento do ‘PlayStation Phone’

Pronto, agora é oficial. Depois de muito mistério, a confirmação. A Sony Ericsson finalmente anunciou a data de lançamento do XPERIA Play, mais conhecido como “PlayStation Phone”. Será no próximo dia 13 de fevereiro.

A empresa fez o anúncio e divulgou a foto oficial do produto em sua página no Facebook. Além disso, o comercial mostrado no Gigablog na semana passada foi divulgado oficialmente durante o Superbowl, um evento esportivo norte-americano que reúne grandes anunciantes e uma das maiores audiências da televisão americana.

Tudo indica que o XPERIA Play funcionará mesmo com a última versão estável do Android (visto que o mascote do sistema operacional aparece no comercial e a interface mostrada na imagem acima) e será compatível com os jogos da primeira versão do console Playstation.

Esperaremos ansiosos pelo lançamento que promete sacudir a indústria de games para smarphones.



Escrito por Editor às 16h45
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






MP aciona Anatel para ter acesso a dados sigilosos de consumidores

Vem aí mais uma briga sobre o direito, ou não, do Ministério Público e da Polícia terem acesso a dados sigilosos dos clientes das operadoras de telefonia. Uma ação civil pública do Ministério Público Federal no DF pede que a Anatel publique, em 60 dias, um regulamento obrigando as teles a atender as requisições dos MPs de todo o país, além das polícias judiciárias.

“O MPF/DF quer que a medida tenha efeito em todo território nacional e garanta o acesso a informações, ainda que classificadas como sigilosas, como nome completo, endereço, códigos de acesso e endereço de IP dos usuários”, diz nota do órgão. O Ministério Público sustenta que muitas pessoas têm sido vítimas de “golpes”, realizados por meio de ligações telefônicas e da internet e envio de mensagens eletrônicas para capturar dados bancários.

Alega que “o não fornecimento de dados cadastrais por parte das operadoras e dos provedores de internet tem dificultado o andamento das investigações e a identificação dos responsáveis”. E que, “a postura das operadoras conta com a anuência da Anatel, uma vez que a agência permanece inerte e não expede a regulamentação devida”.

A questão não é nova. Durante as investigações da CPI da Pedofilia, por exemplo, a maior reclamação das autoridades que investigam os crimes que de alguma forma envolvem a internet era a resistência das operadoras de telefonia em encaminhar dados dos clientes.

As teles se resguardam no direito constitucional ao sigilo dos dados telefônicos e de correspondência. Na ação, o MPF sustenta que “o objetivo não é o acesso injustificado a qualquer banco de dados de sistemas de telecomunicação, mas, somente àquelas informações indispensáveis para a apuração de atos ilícitos”.

* Com informações do MPF/DF



Escrito por Editor às 16h42
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Torpedo Grátis

Bem-vindo  ao torpedo grátis,

Um dos serviços mais procurados na web é sobre o envio de torpedo grátis e aqui por diante será possível fazer um lista de como enviar sua mensagem via web e gratuita.



Escrito por Editor às 16h27
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
border=0